Novidades


Sugestões para o desenvolvimento do esquema corporal
Visão do corpo como um todo: identificar em si; nos outros; em objetos; em gravuras; as diversas partes do corpo: Cabeça, tronco, braços e pernas ( membros).
* Observar o corpo no espelho.
* Observar o corpo do colega.
* Observar o corpo de outras pessoas.
* Observar o corpo de bonecas ( montando e desmontando as grandes partes).
* Montar e desmontar silhuetas ( as grandes partes).
* Observar a própria sombra ( explorando movimentos). Ex: Braços ao longo do corpo; braços para cima; pernas afastadas...
* Músicas com movimentos corporais.
* Observar em gravuras e ou fotografias, diversos tipos de pessoas ( alto; baixo; pequeno; grande; gordo; magro; corpo de bebês; velhos; jovens; adultos...).
* Explorar em gravuras os diversos tipos de posição: pessoas deitadas, sentadas, pessoas com diversos movimentos corporais.
* Montar mural para ser explorado ( os diversos tipos).
* Contorno do próprio corpo ( com sementes, areia, cordão, giz...).
* Contorno do corpo com pincel em jornal( que será recortado, com o nome da criança).
LEMBRETE: Para todos os itens, deverá ser observado as etapas:
O aluno trabalha com o próprio corpo.
O aluno trabalha o corpo de outras pessoas.
O aluno trabalha com bonecas.
O aluno trabalha com gravuras.
O aluno trabalha com desenhos.
As perguntas utilizadas devem ser: O que é isto? Como se chama? Para que usamos? Quantos temos?
Trabalhando com o corpo


Trabalhando o corpo através da música

É importante o professor detalhar cada parte do corpo.

a) Cabeça- Testa, sobrancelhas, olhos, pálpebras, cílios, nariz, boca, lábios, dentes, língua, queixo, bochechas, orelhas e cabelos.

Observar todos os detalhes, assinalando, tocando em si, em outras pessoas, em objetos, em gravuras.

* Confeccionar cabelos pretos, loiros, lisos, encaracolados, para colocar em bonecas.

* Pesquisar diversos tipos de cabelos, em gravuras, fotografias...

Observar no espelho e fazer vários movimentos com a testa. Comparar com a testa do colega.

Observar, explorando todos os tipos de sobrancelhas através de figuras, comparação com o colega.

Observar os diversos tipos de olhos em pessoas, olhos pequenos, grandes, puxados, cores dos olhos. Fazer brincadeiras, tampando ora o direito, ora com o esquerdo. Explorar os diversos tipos de cílios ( longos e curtos); escuros e claros; finos e grossos. Pesquisando diversos tipos de cílios. Fazer cílios com fios, massinha, papel picado. Explorar os diversos tipos de pálpebras, correlacionando com o estudo dos olhos, observando olhos abertos e fechados.

Observar e explorar os diversos tipos de nariz( fino, grande, pequeno...) Explorar diversos tipos de nariz em gravuras. Fazer exercícios respiratórios. Sentir cheiro das coisas ( de olhos abertos e nomeando, como por exemplo uma excursão pela escola ( cozinha, banheiro...). Levar diversos tipos de ingredientes para ser cheirados. Trabalhar o sentido do olfato, as crianças com os olhos vendados descobrirão através do cheiro o que é que estão cheirando.

Explorar os diversos movimentos com a boca; abrir, fechar, beijar, soprar, assobiar, encher balão, etc. Observar diversos tipos de boca; grande, pequena, lábios finos, lábios grossos, boca chorando, boca rindo, etc.

Sentir diversos sabores e relatar a experiência, sentindo e nomeando: doce, salgado, azedo, amargo, duro, mole.

Utilidade dos dentes e língua. Higiene da boca.

Explorar os movimentos do queixo, comparar com o dos colegas.

Fazer movimentos frente ao espelho, bochecha cheia, vazia. Bochechas gordas, com sardas, furos.

Explorar diversos tipos de orelhas: Orelhas grandes, pequenas, abertas, uso de brincos. Posição das orelhas na cabeça. Descobrir a função das orelhas, como proteção dos ouvidos. Trabalhar o sentido da audição, fazendo diversos tipos de atividades, como; barulhos de fora, apitos, objetos.explorar diversos tipos de sons de instrumento musicais.

b) Tronco: Detalhes do tronco, costas, peito, barriga, cintura, umbigo, ombros, quadril, nádegas.

Nomeação, localização e função. Ressaltar a imobilidade do tronco.

Sugestão: Montar o boneco, desmontar; músicas que envolvam a mobilização do corpo; montar bonecos de papelão; trocas de roupas; observar fotografias; relaxamento; equilíbrio.

c) União das pernas e braços: reconhecer os braços e pernas em si e nos outros. Identificar as funções do braço e das pernas.

Sugestão: vamos pegar em nossos braços, vamos levantá-los para cima de nossa cabeça. Vamos abrí-los. Quantos braços temos? Fazer diversos exercícios com os braços, pra cima, pra baixo, dobrá-los. pra trás, pra frente. Ressaltar o ponto de união dos braços com o tronco (ombro). Observar as mãos, números de dedos, unhas, impressão digital, faer com tinta, exercícios para desenvolver o sentido do tato: liso, áspero, grosso, fino.

Observar, assinalar tocar e nomear as pernas; no companheiro, no boneco, em si mesmo sem o espelho. Fazer referência ao ponto de união do tronco com as pernas.

Ações:

* Caminhar e correr descalço.

* Mover os dedos dos pés.

* Assinalar a analogia de mão e pés ( ambos tem dedos e unhas).

Fazer referência a articulação do joelho: Ações:
. Andar com as pernas duras.

. Andar flexionando os joelhos.

. Andar com a mão no chão, saltar. correr, dançar, subir e descer escadas. Calçar e descalçar sapatos, tirar e colocar meias...

. Referir-se a articulação pernas e pés- tornozelo; Movimento de andar ( na ponta dos pés, andar com os calcanhares, com os lados dos pés).

0 comentários: