Novidades


Sugestões para o desenvolvimento do esquema corporal
Visão do corpo como um todo: identificar em si; nos outros; em objetos; em gravuras; as diversas partes do corpo: Cabeça, tronco, braços e pernas ( membros).
* Observar o corpo no espelho.
* Observar o corpo do colega.
* Observar o corpo de outras pessoas.
* Observar o corpo de bonecas ( montando e desmontando as grandes partes).
* Montar e desmontar silhuetas ( as grandes partes).
* Observar a própria sombra ( explorando movimentos). Ex: Braços ao longo do corpo; braços para cima; pernas afastadas...
* Músicas com movimentos corporais.
* Observar em gravuras e ou fotografias, diversos tipos de pessoas ( alto; baixo; pequeno; grande; gordo; magro; corpo de bebês; velhos; jovens; adultos...).
* Explorar em gravuras os diversos tipos de posição: pessoas deitadas, sentadas, pessoas com diversos movimentos corporais.
* Montar mural para ser explorado ( os diversos tipos).
* Contorno do próprio corpo ( com sementes, areia, cordão, giz...).
* Contorno do corpo com pincel em jornal( que será recortado, com o nome da criança).
LEMBRETE: Para todos os itens, deverá ser observado as etapas:
O aluno trabalha com o próprio corpo.
O aluno trabalha o corpo de outras pessoas.
O aluno trabalha com bonecas.
O aluno trabalha com gravuras.
O aluno trabalha com desenhos.
As perguntas utilizadas devem ser: O que é isto? Como se chama? Para que usamos? Quantos temos?
Trabalhando com o corpo


Trabalhando o corpo através da música

É importante o professor detalhar cada parte do corpo.

a) Cabeça- Testa, sobrancelhas, olhos, pálpebras, cílios, nariz, boca, lábios, dentes, língua, queixo, bochechas, orelhas e cabelos.

Observar todos os detalhes, assinalando, tocando em si, em outras pessoas, em objetos, em gravuras.

* Confeccionar cabelos pretos, loiros, lisos, encaracolados, para colocar em bonecas.

* Pesquisar diversos tipos de cabelos, em gravuras, fotografias...

Observar no espelho e fazer vários movimentos com a testa. Comparar com a testa do colega.

Observar, explorando todos os tipos de sobrancelhas através de figuras, comparação com o colega.

Observar os diversos tipos de olhos em pessoas, olhos pequenos, grandes, puxados, cores dos olhos. Fazer brincadeiras, tampando ora o direito, ora com o esquerdo. Explorar os diversos tipos de cílios ( longos e curtos); escuros e claros; finos e grossos. Pesquisando diversos tipos de cílios. Fazer cílios com fios, massinha, papel picado. Explorar os diversos tipos de pálpebras, correlacionando com o estudo dos olhos, observando olhos abertos e fechados.

Observar e explorar os diversos tipos de nariz( fino, grande, pequeno...) Explorar diversos tipos de nariz em gravuras. Fazer exercícios respiratórios. Sentir cheiro das coisas ( de olhos abertos e nomeando, como por exemplo uma excursão pela escola ( cozinha, banheiro...). Levar diversos tipos de ingredientes para ser cheirados. Trabalhar o sentido do olfato, as crianças com os olhos vendados descobrirão através do cheiro o que é que estão cheirando.

Explorar os diversos movimentos com a boca; abrir, fechar, beijar, soprar, assobiar, encher balão, etc. Observar diversos tipos de boca; grande, pequena, lábios finos, lábios grossos, boca chorando, boca rindo, etc.

Sentir diversos sabores e relatar a experiência, sentindo e nomeando: doce, salgado, azedo, amargo, duro, mole.

Utilidade dos dentes e língua. Higiene da boca.

Explorar os movimentos do queixo, comparar com o dos colegas.

Fazer movimentos frente ao espelho, bochecha cheia, vazia. Bochechas gordas, com sardas, furos.

Explorar diversos tipos de orelhas: Orelhas grandes, pequenas, abertas, uso de brincos. Posição das orelhas na cabeça. Descobrir a função das orelhas, como proteção dos ouvidos. Trabalhar o sentido da audição, fazendo diversos tipos de atividades, como; barulhos de fora, apitos, objetos.explorar diversos tipos de sons de instrumento musicais.

b) Tronco: Detalhes do tronco, costas, peito, barriga, cintura, umbigo, ombros, quadril, nádegas.

Nomeação, localização e função. Ressaltar a imobilidade do tronco.

Sugestão: Montar o boneco, desmontar; músicas que envolvam a mobilização do corpo; montar bonecos de papelão; trocas de roupas; observar fotografias; relaxamento; equilíbrio.

c) União das pernas e braços: reconhecer os braços e pernas em si e nos outros. Identificar as funções do braço e das pernas.

Sugestão: vamos pegar em nossos braços, vamos levantá-los para cima de nossa cabeça. Vamos abrí-los. Quantos braços temos? Fazer diversos exercícios com os braços, pra cima, pra baixo, dobrá-los. pra trás, pra frente. Ressaltar o ponto de união dos braços com o tronco (ombro). Observar as mãos, números de dedos, unhas, impressão digital, faer com tinta, exercícios para desenvolver o sentido do tato: liso, áspero, grosso, fino.

Observar, assinalar tocar e nomear as pernas; no companheiro, no boneco, em si mesmo sem o espelho. Fazer referência ao ponto de união do tronco com as pernas.

Ações:

* Caminhar e correr descalço.

* Mover os dedos dos pés.

* Assinalar a analogia de mão e pés ( ambos tem dedos e unhas).

Fazer referência a articulação do joelho: Ações:
. Andar com as pernas duras.

. Andar flexionando os joelhos.

. Andar com a mão no chão, saltar. correr, dançar, subir e descer escadas. Calçar e descalçar sapatos, tirar e colocar meias...

. Referir-se a articulação pernas e pés- tornozelo; Movimento de andar ( na ponta dos pés, andar com os calcanhares, com os lados dos pés).

As datas comemorativas ou fatos históricos são recursos importantes para se resgatarem valores de uma cultura rica como a brasileira, devido a mistura de várias raças, onde cada qual contribuiu para a formação do que somos hoje. E podem tematizar uma série de atividades criativas e interessantes, proporcionando integração, cooperação, alegria e prazer.

Objetivos:

* Dar um enfoque atualizado as comemorações das datas comemorativas e cívicas.

* Desenvolver o senso crítico do aluno, levando-o a questionar a realidade em que vive.

* Valorizar a figura do soldado encarregado da defesa da Pátria e de proteger o bem estar e a ordem social.

* Reconhecer a figura de Duque de Caxias como patrono do Exército Nacional.

* Conhecer a letra dos Hinos da Independência e do Hino Nacional.

* Conhecer os Símbolos da Pátria.

* Conhecer a história do Brasil antes da Independência.

Desenvolvimento

Os fatos históricos sociais, cívicos, religiosos ou folclóricos são muito importantes para se trabalhar em sala de aula com os alunos a Pluralidade Cultural, sugerida nos Párâmetros Curriculares Nacionais (PCN's) e podem tematizar uma série de atividades no ambiente escolar.

Em conversa na rodinha levar os alunos a distinguir nas forças armadas Exército, Aeronáutica, Marinha, Soldados da Polícia Militar, Polícia de trânsito, Corpo de Bombeiros, como sendo profissionais amigos encarregado da defesa da Pátria que estão para nos servir e também a nossa Pátria.

Organizar o cantinho do Soldado com pesquisas, várias gravuras, poemas, desenhos, cartazes e etc. Fazer uma entrevistas com militar ou expedicionário para saber:

- O que é ser soldado?

- O que veste, porque se veste com farda.

- O que ele precisa para proteger as pessoas e a Pátria.

- O que faz um soldado.

- Como é treinado.

- Que armas usa.

Independência do Brasil - 7 de Setembro

Roda de Conversa:

- Você pode fazer o que quiser no seu país?
- Você mudaria alguma coisa no seu país?

Nossa terra se tornou independente! ( Levar os alunos a reconhecer o significado dessa palavra). Você já ouviu o Hino Nacional ? Ele foi composto por Duque Estrada e Francisco Manoel da Silva, para deixar registrado o Dia da Independência.

Atividades relacionadas

1- Pesquise, em jornais e revistas, recorte e traga para a sala de aula, imagens de coisas que você não gostaria de ver no seu país e, com a ajuda da professora, monte um mural, com a frase:

O Brasil que não queremos

2- Vamos ouvir um trecho do Hino Nacional e depois desenhar, numa folha de ofício, uma ilustração que mostre o que você mais gostou nesse trecho do Hino.

HINO NACIONAL BRASILEIRO ( Antes de cantar , fazer a interpretação da letra do Hino)

Ouviram do Ipiranga as margens plácidas

De um povo heróico o brado retumbante

E o sol da liberdade em raios fúlgidos

Brilhou no céu da pátria nesse instante

3- Apresentar os Símbolos da nossa Pátria: Bandeira do Brasil, Hino Nacional, Selos e Armas.

4- Apresentar o Hino da Independência.

-Trabalhar textos e interpretação, dramatização, desenhos, filmes, músicas, poemas, pesquisas, etc.

&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&&

Um tema rico em sala de aula, que abrange diversos tipos de atividades, podendo ser trabalhado de forma lúdica e prazerosa com os pequeninos.


Objetivos
*Conceituar a palavra "Folclore".
*Descobrir as principais manifestações folclóricas do nosso país.
*Levar os alunos a pesquisar as características, a importância e a influência do folclore na educação.
*Resgatar o folclore local.


Desenvolvimento:
Propor aos alunos conversar com os pais, avós e amigos sobre o folclore. Eles podem trazer livros que falem sobre o tema ou descobrir, em suas conversas, elementos que fazem parte do folclore, como lendas, adivinhas, brincadeiras, músicas, cantigas de roda, parlendas, comidas típicas, comemorações e crendices populares.
A turma deve trazer para a classe todo o material coletado. Proporcionar momentos de troca entre os alunos, para que possam mostrar o que trouxeram e falar sobre o que aprenderam.
Você também pode colaborar, buscando trazer para a classe informações que faltaram, a fim de enriquecer o repertório deles a respeito desse tema.
Selecione lendas, brincadeiras, adivinhas, parlendas,, músicas e explore o assunto das mais variadas maneiras.
Propicie espaço e tempo para a realização de brincadeiras folclóricas, como, por exemplo, amarelinha, pular corda, cabra-cega, entre outras.
Aproveite as brincadeiras e proponha a seus alunos um registro coletivo, que pode ser escrito (no qual você escreve) ou por meio de desenho. Cada um deve mostrar o que achou mais significativo na brincadeira escolhida.



É legal também, preparar uma exposição com atividades criadas com os alunos.
* Confeccionar o boi.
* Confecção de brinquedos.
* Literatura de cordel.
* Pratos típicos
*Medicina popular.
* Ditados.
* Lemas de pára-choques.
*As festas e as danças.
* Brincadeiras.

Trabalhando o folclore nas regiões do Brasil:
* Região Norte

* Nordeste
* Sul
* Centro-Oeste
* Sudeste