O faz-de-conta na Educação infantil


Em suas brincadeiras, as crianças representam vários papéis. No jogo do faz-de-conta, passam de um papel para outro, brigam, disputam brinquedos entre si, fazem as pazes e, desse modo, estão descobrindo meios de lidar com suas emoções e reorganizando seus pensamentos.
As histórias infantis também constituem boas oportunidades para que a criança entre em contato com medos, conflitos e ansiedades. Não é à toa que são eternas as histórias de lobos e madrastas malvados, bruxas com encantamentos e, por outro lado, fadas benfeitoras e crianças inocentes.
Reserve um tempo da aula para ler um conto de fadas para a turma. Faça desse momento agradável, de prazer, sem exigir de imediato o silêncio dos alunos, como se fossem "obrigados" a ficar imóveis e mudos para ouvir a história. Em vez disso, envolva-os na atividade:
*Apresente várias possibilidades de leitura. Deixe-os escolher o livro do dia, fazendo uma programação que inclua todos os livros escolhidos.
*Escolha textos adequados a faixa etária. Seria ótimo se a biblioteca da escola tivesse vários exemplares do mesmo livro. Assim, os alunos poderiam se reunir em grupo para acompanhar a leitura observando as figuras.
*Leia devagar, procurando dar uma entonação que reflita a emoção de cada passagem da história: medo, ameaça, suspense, amor...

__________________________________________________________________


Faça uma visitinha no meu Cantinho de selinhos!!
Click aqui e entre!

Nenhum comentário:

Cantinho dos selinhos

Click aqui e entre!

Visitas!!